top of page

RITMOS

Um conto sobre o doce balançar de uma rotina leve e focada naquilo que realmente importa.

andréia janecek

Sabrina acorda antes do nascer do sol, prepara uma xícara de café e começa a manhã fazendo seu devocional.

Clarice desperta por volta das seis e meia, come uma torrada com chá e sai para fazer sua corrida matinal.

Aurora se levanta da cama às sete, se arruma e sai com seu marido para tomarem um café da manhã numa padaria antes de irem para o trabalho.

 

Quando Sabrina termina seu devocional, ela estuda um pouco enquanto espera o restante da casa despertar. Às 7h30, todos juntos prepararam o café da manhã enquanto ouvem música e conversam.


Clarice volta da sua corrida se sentindo bem e disposta. Ela toma um banho quente, cuida de Lili (sua pequena gatinha) e abre o laptop para começar a trabalhar.


Aurora termina o café e, de mãos dadas com seu marido, caminha pela rua até uma banca. Compram o jornal do dia e seguem o caminho até o escritório.

 

Sabrina se despede de seu marido e passa a manhã arrumando a casa e cuidando das crianças. Por volta das dez horas, eles vão até uma pracinha e, enquanto os pequenos brincam, ela lê algumas páginas de seu livro. Às onze, estão de volta em casa, e Sabrina começa a preparar o almoço.


Clarice faz um pausa no trabalho. Ela liga para uma querida amiga e combina de almoçarem juntas. Antes de sair para o encontro, Clarice rega suas plantas e coloca algumas roupas na máquina.

Aurora tem a manhã cheia de reuniões, mas consegue usar um dos intervalos para ligar para sua mãe. As duas marcam um almoço juntas para o dia seguinte e conversam por alguns poucos minutos: mas eles são o suficiente para trazer à Aurora uma gostosa sensação de acolhimento.

 

A tarde de Sabrina é regada por leituras em voz alta, música e risadas de crianças. Ela organiza o que precisa ser feito na casa, diz aos pequenos quais são as tarefas deles e, para o lanche, fazem juntos um bolo de caneca. Com o entardecer, chega a hora de guardarem brinquedos e se prepararem para o banho.


Clarice passa a tarde trabalhando de um café que fica dentro da biblioteca municipal. Ela aproveita para escolher alguns livros e, no final do dia, junta suas coisas e volta para casa a pé.


Aurora tem bastante trabalho a ser feito pela tarde. Ela usa uma pequena pausa para tomar um café com uma colega de quem gosta muito e, juntas, dão risada e se sentem mais leves.

 

O jantar, na casa de Sabrina, é seguido por um tempo em família. Eles conversam, oram e se preparam para dormir. Depois que as crianças já estão na cama, Sabrina e seu marido assistem a um filme aconchegados no sofá. Dormem cedo e descansam.


Clarice prepara um jantar prático e saudável. Ela assiste a um episódio de sua série preferida e, antes de dormir, faz uma oração e medita.


Aurora e seu marido cozinham um gostoso jantar a quatro mãos. Quando terminam de comer, fazem juntos uma leitura edificante e se preparam para dormir e descansar.

 

Não importa como é a sua rotina: se você trabalha fora, se você fica em casa cuidando dos seus filhos, se você é casada ou solteira. Todas nós podemos criar, intencionalmente, um ritmo diário focado no que mais importa, um ritmo permeado por âncoras que fazem com que voltemos a nos focar nas nossas prioridades e naquilo que poderá nos trazer bons frutos.


Me conte: você tem vontade de criar um ritmo que te seja leve e frutífero (ou já faz isso)?

Tags:

3 commentaires


Invité
19 oct. 2023

Gosto muito desse tipo de imagem, pinturas que retratam o cotidiano, o realismo. Acalma e nos faz viajar literalmente para dentro do que vemos. Lindo Conto!! Parabéns !!

J'aime

Invité
12 mai 2023

Olá Andreia!

É uma delícia ler os contos. É tanta riqueza de detalhes e sensações que fico imaginando cada cena. Ainda encontro dificuldades em criar esse ritmo leve, fui criado em ambientes sem rotinas, deixando as coisas acontecerem, quando crio rotinas as vezes me sinto presa. Mas dentro dos meus contextos já consigo introduzir música relaxante, momentos para um chá, leitura de um livro. Atualmente consigo momentos assim a noite, chamo de serenar. Quero criar esse ritmo pela manhã. Agradecida pelo post! ♡♡♡

J'aime
Andréia Janecek
Andréia Janecek
27 mai 2023
En réponse à

Puxa, fiquei tão feliz em ler as suas palavras! Obrigada de ❤️! Infelizmente não consigo saber seu nome: caso volte aqui, você me diz? Beijo e lindo final de semana!

J'aime

Inscreva-se e receba inspirações para uma vida mais leve:

Obrigada por se inscrever!

me acompanhe pelo instagram:

  • Instagram Andréia Janecek
  • Podcast Café da Tarde

ARQUIVO DE POSTS

bottom of page